Poemas de Natal

 

Anjo

Poema
Natal - Tempo de Alegria

 

Natal
Tempo de alegria e esperança,
Que no presépio irradia,
Dos olhos duma Criança.

Natal
Luz que veio da gruta,
Apelando a uma vida pura,
A uma nova humanidade.

Porque esta se envolveu nas trevas,
Semeando a fome e as guerras,
Em vez da justiça, paz e amor.

Natal
Seja pois o prenúncio duma nova primavera,
Em todos os lugares da Terra
Que resplandeça em cada lar, em cada família,
O fruto perene desta magia,
Desta quadra divinal.

Para que todos possam sentir
A mensagem do Senhor,
A paz, a solidariedade, o amor
E todos possam cantar com alegria,
Em plena sintonia:

É NATAL! É NATAL! É NATAL!

Para todos, um Santo e Feliz Natal

[Enviado por: Maria Jerónimo]




 

Todos os direitos reservados 2008 - 2020 | Política de privacidade | Contacto